Sociedade dos poetas mortos

Para quem viu o filme...
Uma das coisas mais relevantes a se dizer do que as pessoas pensam sobre o filme é: As pessoas veêm somente o que querem.
Esse filme é sobre o amor à poesia e acima de tudo sobre como um professor pode verdadeiramente mudar a vida de seus alunos...
Muita gente tem um professor inesquecível que te deu coragem ou incentivo e mudou sua vida. Mas na caminhada do ensino isso talvez seja excessão, a maioria dos professores desmotivados não ajudam a melhorar uma sala de alunos indisciplinados e que não veem o porque de estarem ali.
E alguns professores ainda pioram essa situação, acham que a culpa do "problema" da educação é dos alunos que não se interessam por poesia e não de suas táticas de ensino. Imagino que seja uma soma dos dois lados mas, você não pode colocar a culpa do problema na falta de interesse dos alunos enquanto você fica na frente da sala falando em voz baixa e lenta em um mantra que induz ao sono. 
Professores deveriam também se renovarem e questionarem seu papel!! 

Quando se passa o conteúdo com paixão o aluno pode sentir isso, assim como o amor à poesia contagia os alunos no filme, a poesia é tratada como ela realmente é, como uma maneira revolucionária de expressão, ao contrário do que acontece na maioria dos casos, quando professores passam movimentos literários com datas e poetas a serem decorados que parecem fora de contexto, completamente fora da realidade do aluno que ouve aquilo, e esse pobre aluno a beira do coma de tanto sono só pode ver, naquilo que o professor diz mecanicamente, intelectuais que morreram a muito tempo. Eles não se identificam porque não conhecem e raramente conhecem alguém que goste de livros, muito menos de poesia. O ensino às vezes parece uma conspiração para fazer as pessoas odiarem literatura....
Professores que vêem o problema da educação só em alunos desinteressados, por favor se lembrem, ninguém passa a amar ler sem exemplo ou incentivo e sem nunca nenhuma alma ter dito que poesia pode ser bom a esse aluno.
Em "Sociedade dos poetas mortos" pode-se ver um professor genial ou alunos interessados?? Eu vejo os dois!!!
Poesia não é somente métrica, contagem mecânica de rimas, divisões de sonetos, redondilhas, versos livres e heroicos ...Professores em geral mostram a poesia como estéril e decorada, a prepotência intelectual dita o que é bom por ser canônico e é incapaz de ver que Bob Dylan e capaz de fazer tão boa poesia quanto qualquer um dos canônicos que já morreram.
E se a escola não serve para fazer esse dialogo entre gerações, onde mais iremos fazer isso???

Um comentário:

JeSs disse...

Jah assisti, mto bom..
E porfa, tire essa moderação de letrinhas pra confirmar pq é chato ;_: