Gilmore Girls

A sociedade tem suas definições fabricadas chatas previsíveis de o que seria uma família perfeita, normalmente seria um casal homem e mulher com um casal de filhinhos, unidos pelo sagrado matrimonio em uma vida burguesa, chata e previsível.
Obviamente eu não concordo, a normalidade que as pessoas tentam alcançar só as faz serem sempre e sempre infelizes; afinal quem disse que ser normal é bom?
Família são as pessoas que moram na mesma casa que você? São as pessoas que tem parte de sua carga genética, aqueles para quem você liga quando precisa de um transplante?
Acho que não...

Quantas famílias vivem por aí se matando, e continuam juntas porque é socialmente normal, aceitável, a única alternativa, afinal você tem que atura-los pois são sua família.
Eu digo que isso é uma besteira sem limite. Não temos que fingir gostar, ou mesmo nos sentir obrigados a gostar de alguém por mera coincidência genética!!
Família é muito mais do que laços de sangue...
São as pessoas que você ama e em quem você confia, as pessoas de quem você sente falta estando longe, e não porque é natal, mas porque quando acontece algo bom (ou ruim) você quer compartilhar só com aquelas pessoas, sente saudade quando você está almoçando e que fazer um comentário que você sabe que só a sua família entenderia.
Por isso famílias se constroem, você não nasce com a sua pronta!!!!

E definitivamente Gilmore Girls representa isso, as duas pessoas mais simpáticas, interessantes e inteligentes que eu já vi em uma dessas séries...
Gilmore é irresistível, elas são envolventes e charmosas de modo único. Elas falam sem parar, jogando milhares de referências à cultura pop, à literatura, à tv, até você ficar tonto sem saber se na verdade entendeu alguma coisa, mas fale rápido , a vida passa rápido....
Uma série sobre mulheres que leem Silvia Plath e ouvem Metallica!!Além de ser um seriado super divertido, ele representa a mulher de maneira como raramente se vê, sem ser uma histérica que fica feliz em fazer compras, ou que acaba com um casamento, que é claro é o único modo de ser feliz; ele representa a mulher por meio de Rory e Lorelay com crises e carências sim, mas com força, determinação e independência sem levantar bandeiras por isso!! 
O laço que mãe e filha tem no seriado é incrível, e com o passar dos anos mesmo com milhares de desentendimentos e problemas (sim, existem problemas na vida de todo mundo), esse laço só se fortalece, pelo respeito e amor que elas tem uma pela outra como seres humanos.

Família é isso, pessoas que passam pela vida juntas sim, mas por escolha pessoal de querer conviver com aquele ser humano específico que você admira pelo modo como ele é de verdade, que pode coincidir com alguém que pode te doar um rim, mas isso é mera coincidência.

2 comentários:

Sarah disse...

hehe adoro Gilmore Girls!
Pesquisei a série no Google e achei seu blog.

Mulher, por que sempre reclamas?
A vida é bela quando nós estamos leves interiormente =)

Peça pra que Deus te dê paz interior. Faça só um teste: fale com Deus... se Ele não responder no seu coração, tudo bem. :D

O que acha?

Sorriaaa!! ^^

JeSs disse...

Prefiro Jack e Jill... mas GG tb é bom