A Polêmica do Retroflexo

E seguindo a profecia 1984....Vamos lentamente substituindo opinião por senso comum, vamos limpar o cerébro das pessoas, vamos convence-las que pensar é errado!
"Isso é preconceito!" parece a única frase que as pessoas sabem usar ultimamente...

Pra retratar isso usarei a minha OPINIÃO, o fato pelo qual sou sempre massacrada em nossa sociedade...O maldito (porem de infinita riqueza linguistico cultural) r retroflexo!!! Que para quem não sabe é o r dos interiores de SP, de porrrrrrrrrrrrrta.
Pois é, eu não gosto, mas parece que não tenho esse direito. Algo de errado com isso?? Eu não posso ter uma opinião, um gosto pessoal???
Não, eu não posso, isso é preconceito linguistico, sociocultural, sei la mais o que!
Bom, eu não gosto, e por mais que isso pareça estranho e polêmico, eu acho que tenho direito a minha opinião!! Mesmo que isso seja pedir demais de nossa sociedade.

Eu não gosto do som desse R maldito. Isso é minha OPINIÃO!!
Eu não julgo a pessoa que fala assim só pela maneira que ela fala!! Isso seria PRECONCEITO e burrice!!

Eu não estereotipo ou pré julgo de nenhuma maneira pessoas q puxam o R, isso seria muita burrice, já que conheci pessoas brilhantes que moram no interior e dizem porrrrrrrrrta, porrrrrrrteira e porrrrrrrrtao. Elas ainda me irritam quando falam assim MAS eu não acho que elas são de maneira alguma ignorantes por isso.
Pelo contrario no interior existe certa educação, moralidade e consideração mais dificeis de se encontrar em cidades grandes.
E me irrita, me irrita muito as pessoas ficarem falando sobre liberdade, democracia e blablabla, sendo que na verdade elas não acreditam nisso, não querem isso, e não vivem assim!!
Eu respeito muito mais a opinião alheia do que muitos desses que ficam falam falando sobre preconceito 23 horas por dia, e acho que a minha opinião merece tanto respeito como todas as outras...
Afinal, eu respeito a opinião dos outros, mesmo achando a coisa mais estupida do mundo, acho mesmo que todos tem direito a uma opinião seja ela qual for.
Porque de alguma maneira eu não me incluo na liberdade de opinião???

Sugiro que as pessoas procurem as palavras no dicionário antes de usa-las já que elas parecem não se lembrar muito bem de conceitos como preconceito, opinião e liberdade.

Repressão na USP??

E fomos surpreendidos novamente...Ou não...
Achei bonito o que aconteceu na USP com a polícia, e como fascista de reputação que sou, resolvi escrever a respeito.
Contexto: As pessoas estavam lá fumando maconha na Usp de SP, a policia abordou, os maconheiros universitários foram apoiar seus amigos, já que eles não acham errado fumar maconha; então jovens exaltados começaram a se acumular, confusão formada, a multidão é sempre imprevisivel e normalmente imbecil.
A polícia segue a lei, mantem a ordem, mesmo que seja teoricamente...

Aquelas crianças da USP na ansia da revolução juvenil querem ser o centro do universo..
Se esquecem então, por um instante, que existe algo chamado lei; que não leva em consideração a SUA opinião do que é certo e do que é errado. Considera sim, a sociedade como um todo. Isso é repressão? É fascismo?? Talvez seja...Mas quem disse que democracia é bom??
Se você acha que fumar maconha é certo ou errado, é irrelevante, ao menos em relação a lei. Os valores morais, sociais, blablabla abstratos e subjetivos blablabla são individuais, já a sociedade é coletiva!! As regras são gerais, não é ideal mas qual seria a alternativa?? Como agradar todo mundo??

Se você não concorda com alguma lei batalhe para mudá-la!!!
Particularmente, acho que tem muita coisa errada na nossa lei, mas minha opinião não é relevante se a sociedade concorda com essas leis que beneficiam bandidos e punem quem cumpre a lei, é a vida, tem muita coisa errada no mundo que é considerada certa!!
Mas......
As pessoas precisam de regras pra viver em sociedade, para que todos convivam sem maiores danos para todos...Afinal a sociedade, lembremos, é composta por todooooosssss.
Inclue-se aí pessoas que são contra e pessoas que são a favor da legalização da maconha!!

Claro que este é um sistema que tem problemas, mas é a opção menos pior no momento. Ou você acha que um campus sem segurança, aonde os assaltantes entram, roubam, matam estupram e saem é uma alternativa melhor??
Já vivemos em uma sociedade caotica e com muita violencia, já somos refens da bandidagem. Será mesmo a solução acabar com a polícia???

Quando eu vejo essas pessoas da USP, que deveriam ser a elite intelectual do nosso país resolvendo as coisas na porrada?? Sem dialogo, sem argumentação, sem tolerância??
É facil entender como pessoas dão facadas umas nas outras em bar por uma pinga de um real!!

Só acho que deveríamos usar essa ansia de mudança para sugerir mudanças e não em criticar quem tenta fazer alguma coisa...